Confira os principais cargos do concurso da PM MG

Se você pensa em conquistar uma vaga em concurso público na Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, é bom iniciar a sua preparação desde já.

Embora o concurso PM MG seja famoso por oferecer um grande número de vagas, a concorrência neste caso também é alta.

Só em 2021,  o concurso da Polícia Militar MG ofereceu mais de 1,8 mil vagas. Isso porque, foram publicados editais para os cargos de Soldado, Soldado Especialista, Oficiais de Saúde e Oficiais da PM MG.

Desta forma, para que você possa conhecer mais sobre as funções oferecidas, preparamos o texto de hoje aqui no Arquivo Histórico Joinville, com base nos editais já publicados.

Infelizmente, as inscrições do concurso PM MG já estão encerradas. Porém, nada impede que você possa iniciar a sua preparação com foco em uma futura prova PM MG.

Cargos do concurso da PM MG

Soldado da PM MG

Para se candidatar a uma vaga como Soldado na  PM MG concurso é preciso possuir nível superior de escolaridade, ter entre 18 (dezoito) e 30 (trinta) anos de idade e ter altura mínima de 1,60m (um metro e sessenta centímetros);

A remuneração básica inicial para o Soldado de 2ª Classe é atualmente de R$ 3.962,23, para jornada de 40h semanais.

A função geral/missão do cargo de Soldado da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais é executar atividades de policiamento ostensivo a fim de prevenir e reprimir a criminalidade, garantindo a ordem e a segurança pública e promovendo os direitos fundamentais para o alcance da paz social.

Soldados Especialistas

Já o concurso PM minas gerais para Soldados Especialistas geralmente tem oportunidades em diversas áreas e requer uma formação diferenciada, conforme abaixo:

Auxiliar de Saúde – Técnico em Enfermagem: Curso Técnico em Enfermagem realizado em instituição de ensino regularmente autorizada; e Registro de Técnico em Enfermagem junto ao respectivo Conselho Regional.

Auxiliar de Saúde – Técnico em Farmácia: Curso Técnico em Farmácia realizado em instituição de ensino regularmente autorizada.

Auxiliar de Saúde – Técnico em Saúde Bucal: Curso Técnico em Saúde Bucal realizado em instituição de ensino regularmente autorizada; e Registro de Técnico em Saúde Bucal junto ao respectivo Conselho Regional.

Auxiliar de Saúde – Técnico em Análises Clínicas/Patologia Clínica: Curso Técnico em Análises Clínicas/Patologia Clínica realizado em instituição de ensino regularmente autorizada; e Registro de Técnico em Análises Clínicas/Patologia Clínica junto ao respectivo Conselho Regional.

Auxiliar de Comunicações: Curso Técnico em Telecomunicações, ou Técnico em Eletrônica, ou Técnico em Eletroeletrônica, ou Técnico em Eletrotécnica, ou Técnico em Manutenção e Suporte de Informática, ou Técnico em Rede de computadores, ou Técnico em Desenvolvimento de sistemas, realizado em instituição de ensino regularmente autorizada.

Armeiro: Curso Técnico em Mecânica (Área Tecnológica Metalmecânica, Eixo de Controle e Processos Industriais) ou Qualificação profissional na área de Mecânica (Área Tecnológica Metalmecânica, Eixo de Controle e Processos Industriais), realizado em instituição de ensino regularmente autorizada.

Auxiliar de Motomecanização de viaturas: Curso Técnico em Manutenção Automotiva, ou Técnico em Mecânica, ou Técnico em Mecânica de Máquinas Pesadas, ou Cursos Profissionalizantes áreas de Manutenção Automotiva, ou Cursos de Aprendizagem em Manutenção mecânica de automóveis, realizado em instituição de ensino regularmente autorizada.

Quanto a remuneração, nestas áreas o salário é de atualmente R$ 3.962,23, para jornadas de 40h semanais.

Para tanto, algumas atribuições dos cargos são:

Técnico Enfermagem: Auxiliar o profissional Enfermeiro no planejamento, programação, orientação e supervisão das atividades de assistência de Enfermagem; na prestação de cuidados diretos de Enfermagem a pacientes em estado grave; na prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral em programas de vigilância epidemiológica; na prevenção e controle sistemático da infecção hospitalar e de danos físicos que possam ser causados a pacientes durante a assistência de saúde;

Técnico em Farmácia: realizar operações farmacotécnicas, identificar e classificar produtos e formas farmacêuticas, composição e técnica de preparação, sempre sob supervisão do farmacêutico; manipular formas farmacêuticas estéreis e não estéreis e realizar testes de controle da qualidade, de acordo com as orientações do supervisor farmacêutico;

Técnico em Análises Clínicas (Patologia Clínica): fazer coleta de amostras de sangue, secreções, raspados, empregando os meios e os instrumentos recomendados; efetuar registros necessários e relatórios técnicos; realizar os procedimentos de preparo pré-analítico (centrifugar, pesar, diluir, preparar meios, soluções, corantes e reagentes em geral); semear materiais biológicos; realizar colorações e leitura de exames a fresco;

Técnico em Saúde Bucal: participar do treinamento e capacitação de Auxiliar em Saúde Bucal e de agentes multiplicadores das ações de promoção à saúde; participar das ações educativas atuando na promoção da saúde e na prevenção das doenças bucais; participar da realização de levantamentos e estudos epidemiológicos, exceto na categoria de examinador; ensinar técnicas de higiene bucal e realizar a prevenção das doenças bucais por meio da aplicação tópica do flúor, conforme orientação do cirurgião-dentista;

Auxiliar de Comunicações: auxiliar na elaboração de projetos, instalar, configurar, testar e realizar manutenções preventivas e corretivas nos sistemas de telefonia, radiocomunicação, rede de computadores, sistemas de fibra ótica e de videomonitoramento; produzir documentações técnicas e pareceres pertinentes às áreas relacionadas; atuar no desenvolvimento de sistemas;

Armeiro: auxiliar na manutenção de armamentos, equipamentos e apetrechos policiais militares; auxiliar operacionalmente na aquisição, recebimento, estocagem e distribuição de peças, acessórios e agregados, de equipamentos, armamentos e apetrechos policiais militares; auxiliar operacionalmente na aquisição, recebimento, estocagem e fabricação de munições recarregadas; auxiliar em serviços administrativos gerais;

Auxiliar de Motomecanização de viaturas: executar a manutenção de veículos (viaturas), nos escalões previstos no Manual de Gerenciamento da Frota da PMMG; atuar como motorista de viaturas e no posto de abastecimento da PMMG; atuar no serviço de auxiliar de transporte da Seção de Motomecanização e em funções administrativas na sua unidade;

Oficiais de Saúde

Para os cargos oferecidos na área de Saúde – Médicos, é preciso que além da formação específica, os candidatos também possuam registro atualizado no Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG) e residência médica na especialidade a que concorre, reconhecida pelo sistema de ensino federal, estadual ou do Distrito Federal ou título reconhecido pela Sociedade Brasileira de Medicina da especialidade a que concorre, sempre devidamente registrados no CRM-MG.

O salário da carreira é de R$ 10.028,29, para 40h semanais.

Entre as atribuições da função estão  assistência à saúde ambulatorial e hospitalar; atuar em atividades de prevenção de doenças e promoção de saúde física e mental, em conformidade com as normas expedidas pela Corporação, zelar pelo cumprimento das normas éticas, técnicas e legais dentro do Hospital da Polícia Militar (HPM) e nos Núcleos de Atenção Integral à Saúde (NAIS); primar pela excelência no acolhimento e atendimento técnico-profissional;
participação em comissões multidisciplinares; atuar na preceptoria e supervisão de acadêmicos e médicos residentes, quando do HPM; participação na elaboração de protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas; participar de treinamentos médicos e atualização técnico-científica.

Oficiais

Enfim, para se tornar um Oficial da PM MG é preciso possuir título de bacharel em Direito, obtido em estabelecimento reconhecido pelo sistema de ensino federal, estadual ou do Distrito Federal; ter entre 18 (dezoito) e 30 (trinta) anos de idade e ter altura mínima de 1,60m (um metro e sessenta centímetros).

A remuneração da função é R$ 6.519,44, para jornadas de 40h semanais.

Já as atribuições do cargo estão divididas em duas categorias, sendo:

Discente do Curso de Formação de Oficiais (Cadete): exercer atividade estudantil, em regime de dedicação integral, e demais atividades internas e externas atreladas à sua formação, durante o período de duração do CFO, conforme normas em vigor e regulamentos da EFO/APM, dentre outras.

Aspirante a Oficial: exercer atividades inerentes aos oficiais subalternos (Tenentes), respeitadas as restrições previstas em leis, regulamentos, instruções e no plano de arregimentação.

Por fim, agora que você já conhece os cargos, seus requisitos, atribuições e salários, é preciso investir na sua preparação. E assim, para que você possa conquistar a tão sonhada vaga, nosso principal conselho é que invista em um preparatório online para concurso.

Desta forma, com o auxílio de professores especialistas, você terá acesso a conteúdos específicos e direcionados que farão toda a diferença na sua jornada rumo à aprovação. Bons estudos!

 

 

 

 

Equipe de redação do Arquivo Histórico Joinville

Cada integrante de nossa equipe carrega consigo uma valiosa coleção de experiências e habilidades singulares, culminando em um conjunto coeso que busca incansavelmente a excelência na criação de conteúdo. Nosso objetivo primordial é superar as expectativas, oferecendo aos nossos leitores uma experiência que não apenas enriqueça, mas também permaneça na memória.

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

18 − sete =